Arquivo de outubro de 2010

Liderança

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

A partir de hoje vamos começar a postar o perfil de nossos colaboradores, apresentando nossa equipe.

Vamos iniciar pelo nosso líder, nosso coordenador, que é o Paulo Sérgio Buhrer, ele é contador, perito judicial, consultor empresarial, escrito e palestrante.

Ele está a frente do Guará Contabilidade Consultoria há mais de seis anos, nos orientando, e formando uma equipe cada vez mais homogênea, e capacitada, para os desafios, que são sempre maiores, conforme nosso preparo.

Através do site do Professor Paulo Sergio, pessoas do mundo todo conhecem seu trabalho de consultor, escritor e palestrante, acesse você também e veja fotos e vídeos de suas palestras e treinamentos; leia artigos e colunas sobre vários assuntos; conheça seu currículo mais completo, e até pode adquirir suas obras. www.professorpaulosergio.com.br

Segue um dos muitos artigos do Professor Paulo Sergio, que está publicado em seu site próprio, e em vários outros que acolhem seu material, muito elogiado sempre.

Titulo: O botão “DESISTIR” De: 07/10/2010

“Não desistimos das metas e objetivos por falta de vontade, mas sim, por hábito de apertarmos o botão “desistir” ao primeiro sinal de dificuldade”. É o que dizem os escritores Steve Chandler e Scott Richardson, no livro “Motivando para o sucesso”.

Os autores defendem que, aos poucos, conforme vamos descobrindo que é possível apertar esse botão. damos início ao hábito de desistir. A ideia é simples. Você começa apertando esse botão em situações bastante perigosas. Mas, com o passar do tempo, começamos a apertá-los em situações de menor dificuldade e, por fim, o apertamos diante de singelos problemas.

Quantos de nós realmente age dessa forma. Começa desistindo de grandes projetos, sonhos, objetivos, pelas intempéries que se apresentam. Rapidamente, damos início à desistência de projetos médios, até que nos consagramos verdadeiros fracassados e desistimos diante de quaisquer dificuldades.

Há muita verdade no que os autores exploram. Penso que existem momentos em que, deveras, devemos desistir, mas, desde que reconheçamos que estamos no caminho incorreto e, logo depois, iniciemos novamente por outro caminho. Logo, a questão não é apertar o botão de desistir, mas sim, o que será feito depois disso.

É comum uma pessoa por volta dos quinze, dezesseis anos desejar ser, por exemplo, médico. Mas, por volta dos vinte, muda de ideia e seu sonho passa a de ser Chef de cozinha. Ela aperta o botão “desistir de ser médico”, porém, logo aperta outro botão, o “buscar ser Chef”.

A questão está, então, em o desejo continuar o de ser médico, mas, pelas dificuldades encontradas, não continuar a busca pela realização desse objetivo. Estanca-se o desejo, o sonho, pelo medo de não conquistar e, infelizmente, em muitos casos, as pessoas já estão certas de que não conseguirão, assassinando seus anseios.

O maior problema não é o estancamento de grandes projetos. De fato, muitos sonhos, objetivos são superestimados e quase que inalcançáveis ou o processo para sua conquista tem um preço alto demais, que não estamos dispostos a pagar. A questão é que, se formos nos acostumando a apertar o botão “desistir” em pequenas situações, onde bastaria apenas um pouco mais de esforço, uma esticadela nos nossos limites, uma saidinha da zona de conforto, tudo parecerá grande demais para ser enfrentado, pois estamos habituando nosso cérebro a entender que não dá para seguir. Com isso, essa mensagem é enviada ao restante do corpo que agirá da maneira como a mensagem foi detectada pelo cérebro.

Quanto menos apertarmos o botão “desistir”, mais nossa mente entenderá que somos capazes de ir além. Rápido e fácil. Mas, não desistir é só o começo, embora, seja um grande começo!

Um abraço e felicidades sempre! Professor Paulo Sérgio Buhrer

Felicidades!

NOSSO AMBIENTE

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Reciclar

Nosso Escritório, o GUARÁ CONTABILIDADE E CONSULTORIA, tem hoje em dia, todo o material sólido proveniente de nossos serviços, reaproveitados na reciclagem (papel branco, jornal, revistas, correspondências, embalagens…).

Esse material é entregue semanalmente para o operador ecológico que cuida da nossa região.

Agradecemos pelo trabalho dele e de sua família, pois sem eles não saberiamos para aonde destinar esse material tão rico em uso.

Peço que todos separem esse material reciclável, seja em escritórios, lojas, ou casas, pois assim estaremos fazendo a nossa parte, tão importante para nosso Mundo.

Felicidades!

Páscoa

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Aproveito para postar mais uma comemoração que oferecemos a nossos clientes anualmente, de uma forma ou de outra, sempre agradecemos pela presença de todos em nosso escritório. Esse ano, além de oferecer uma bela mesa de guloseimas referentes a Páscoa (bolos, quitutes, bombons…), fizemos um sorteio de uma lembrança.

Quem sorteou foi seu Antonio (Royale Lanches), no momento em que vieram aproveitar nossa Recepção.

O sorteado foi Sr. FERNANDO LUCCHIN (Lajes Europa), que recebeu seu premio ainda no dia da comemoração, e aproveitou os docinhos.

Obrigada a todos!!

Sorteio

Premiado

FESTA JUNINA

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Olá, sei que é um pouco atrasado, mas gostaria de deixar gravado mais uma inovação do Guará Contabilidade e Consultoria, que já acontece há dois anos seguidos, a nossa festa caipira (junina), que aconteceu esse anos em julho, devido a Copa do Mundo.

É um dia inteiro de comemoração, na verdade nós nos caracterizamos e oferecemos uma grande mesa com guloseimas da época (pipoca, pinhão, quentão, pé de moleque, tortas e bolos…) a nossos clientes e visitantes desse dia.

Recepcinados com música propícia e decoração alegre. É na verdade um momento de descontração e aproximação com todos. É ótimo!!

Até a próxima festa Junina!!

Valorização do Profissional Contábil

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Informativo

O Guará Contabilidade e Consultoria é o único escritório da cidade que promove a valorização do profissional contábil.

Nós destacamos várias informações e ações da profissão, aos nossos clientes e visitantes, entregamos centenas de informativos apontando novidades e vantagens de se ter um bom profissional/escritório ao lado de sua empresa, para conquistar uma posição de destaque na sociedade, e melhor de tudo, licitamente.

Estamos sempre a procura de formas e legislação para aprimorar nossos conhecimentos e serviços, agilizando nossas ações e adequando as empresas clientes a uma postura ética e de qualidade, em todos os sentidos.

Sabemos que assim, nossos clientes, e comunidade em geral conhecendo melhor as obrigações e atribuições do bom contador, todos terão uma visão correta da posiçao desse profissional na sociedade, que é ajudar as empresas a alavancarem, sempre rumo ao crescimento e ao sucesso.

Felicidades!

A POESIA DA VIDA

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

PROF. PAULO SERGIO BUHRER

A POESIA DA VIDA (humildemente, um dos artigos mais lidos da internet)

A vida é uma bela sinfonia tocada a quatro mãos

duas delas são humanas, duas delas são Divinas

a música que se ouve, promove bem-estar ao coração

ainda que muitos não ouçam tamanha obra prima

As mãos humanas se concentram no que é possível

pena que o homem reluta em acreditar na possibilidade

a Deus se reserva tudo aquilo que nos parece impossível

ainda que o homem quase não creia nesse grande verdade

A vida é um grande jardim, florido com lindas rosas vermelhas

muitos não aproveitam o perfume exalado, com medo dos espinhos

desistem, sem rumo, com medo, receio, não encontram maneiras

não se acertam, se machucam, insistem em caminhar sozinhos

O trabalho é visto com desprezo, sacrifício, sofrimento

mesmo que muitos não tenham sequer o que comer e beber

outros não agradecem por tudo que têm e são, nem pelo alimento

é uma pena que o homem quase não aprende a viver

Viver em harmonia, dando o melhor de si, o melhor para os outros

fazem o mínimo, mesmo quando dois bilhões de irmãos sofrem

a vida é sim uma bela sinfonia, pena que nossos ouvidos não prontos

ignoram a beleza das harmoniosas notas que tocam, então, morrem
VEJA O ARTIGO COMPLETO EM:

http://www.administradores.com.br/informe-se/artigos/poesia-da-vida/49135/

Fique com Deus, sucesso e felicidades sempre!

Professor Paulo Sérgio Buhrer

AUTOR DO LIVRO “O CÓDIGO PENSSAARR”

www.professorpaulosergio.com.br

DIA DAS CRIANÇAS

terça-feira, 19 de outubro de 2010
apresentação teatro

teatro

Olá, boa tarde, é com muta satisfação e alegria que postamos mais um evento realizado pela equipe do GUARÁ CONTABILIDADE: foi uma festa organizada para crianças de uma Instituição de Guarapuava: o Instituto Educacional Dom Bosco, foi no dia 09/10/2010, um sábado a tarde, no sede da instituição.

Foi uma tarde muito proveitosa, organizada com atividades recreativas, lanche, e presentes para todas as crianças.

Mais uma parceria que deu certo.

A Instituição dá cursos e várias atividades para crianças e adolescentes carente, inteiramente grátis, ela sobrevive de doações, e pede sua ajuda!! Ligue para 42- 3624-2318, e agende uma visita, conheça e comece a participar desse projeto, ele recebem as doações na sua empresa, com data marcada, e o valor que você estipular.

Veja as fotos do evento aqui no blog, em fotos.

Muito obrigada a todos que trabalharam neste dia!

pintura de rosto

brincadeiras

REFIS “DA CRISE”

terça-feira, 19 de outubro de 2010
Judiciário Garante Inclusão de Débitos no “REFIS da Crise”

O advogado Dr. Milton Korzune (milton@korzune.adv.br), conquistou uma importante decisão judicial, que garantiu a permanência de uma empresa de Guarapuava/PR e Pato Branco/PR no parcelamento extraordinário instituído pela Lei nº 11.941/2009, denominado “REFIS da Crise”.

A decisão foi proferida no dia 11/10/2010, pela Juíza Federal Substituta na Titularidade Plena, Marta Ribeiro Pacheco, da 2ª Vara Federal de Ponta Grossa/PR, nos autos de Mandado de Segurança.

No caso, a empresa impetrante, Friovel Distribuidora de Alimentos Ltda, embora houvesse realizado a opção pelo parcelamento previsto na Lei nº 11.941/2009 no dia 18/11/2009, por um equívoco, deixou de fora os débitos já parcelados anteriormente, os quais faziam parte do PAES (Lei n. 10.684/2003). A Receita Federal do Brasil não reconheceu o parcelamento dos débitos nesta opção.

O contribuinte protocolou Requerimento Administrativo de retificação de opção para que a Receita Federal procedesse a correção e sua inclusão do parcelamento, mas o pedido foi indeferido na esfera administrativa.

No Mandado de Segurança, conforme se depreende da liminar deferida em favor do contribuinte, a Eminente Juíza Federal entendeu que o contribuinte agiu com boa-fé e, sendo os fundamentos relevantes, os prejuízos seriam desproporcionais ao erro material cometido pelo contribuinte.

Ademais, registrou o ilustre Magistrado que “a despeito do erro cometido pelo contribuinte ao preencher os dados da sua opção, não é razoável obstar a correção deste equívoco, máxime quando a própria Secretaria da Receita Federal reconhece a existência de inúmeros casos de opção indevida“.